BRANQUINHA

BRANQUINHA JÁ  ESTÁ SE RECUPERANDO NO SEU NOVO LAR.

 BRANQUINHA,  SUELI ( AMIGA DA FAMÍLIA ) E ESTHER



DARA,  ADOTADA JUNTO COM BRANQUINHA, TAMBÉM DO CANIL.

AJUDE TOB

Cachorro  encontrado quarta-feira na rua,  na região da Morada do Sol,  estava na chuva, morreeeendo de fome e tinha sido atropelado por uma moto. Encontra-se na clínica do  veterinário Bruno Lopes, Galera Animal, e ficará na clínica até encontrarmos o dono ou alguém que o adote.
O nome dele é Tob, é macho, caramelo, com mais ou menos 8 meses, segundo o veterinário. 
Não foi nada grave, mas está tomando antinflamatórios, antibióticos...  
Precisamos  arrecadar fundos para pagar o tratamento e ajudar a doá-lo.


Entrar em contato para contribuir  pelo e-mail      <vanessa_popp@hotmail.com>








CAÍCA

CADELA ATROPELADA EM FRENTE AO CAIC É RESGATADA PELAS PROFESSORAS


Esta cadela, ainda jovem, foi encontrada neste mês em frente à escola CAIC no bairro Pq. Tiradentes em Araras. Ela provavelmente foi atropelada e o "exemplar" motorista não prestou socorro. Sua pata direita está muito machucada e ela está internada na clínica Agro Luna - Dr. Lunardelli.
Agradecemos as professoras do CAIC que prestaram socorro a essa cadelinha, que vem sendo chamada carinhosamente de Caíca.
Os anjos que se interessarem em adotá - la, entrem em contato conosco ou faça uma visita a ela na Clínica Veterinário Agro Luna.



BOA LEITURA

VIRA- LATAS É TUDO DE BOM!!!

Você sabia que no Brasil milhões de cães e gatos vivem nas ruas, passando fome, frio e todos os tipos de necessidades? Cerca de 70% acabam em abrigos e 90% nunca encontrarão um lar. Parte será vítima ainda de atropelamentos, espancamentos e todos os tipo de mau tratos.
Infelizmente, não é possível solucionar este problema da noite para o dia. A castração dos animais de rua é uma solução para diminuir as futuras populações, mas não resolve o problema imediato. Sendo assim, algumas coisas que você pode fazer para ajudar um animal carente hoje:

Adotar um animal
Voluntariar-se em algum abrigo.
Doar alimento (ração) e/ou remédios para abrigos.
Ajudar a doar animais abandonados
Nunca abandonar seu animal
Denunciar maus-tratos

BRANQUINHA

HOJE FUI AO CANIL E APROVEITEI PARA VER BRANQUINHA.   ESTAVA ABANANDO O RABINHO E SEMPRE MUITO CARINHOSA.
IRÁ AMANHÃ CEDO FAZER A TRANSFUSÃO, QUE SÓ FOI POSSÍVEL COM A COLABORAÇÃO DE PESSOAS PREOCUPADAS E DISPOSTAS A AJUDAR OS ANIMAIS.
EM SEGUIDA  SEGUIRÁ PARA SEU NOVO LAR, UMA FAMÍLIA ESPECIAL QUE ADOTOU DOIS CÃEZINHOS NO MESMO DIA E COLABORADORAS NAS FEIRINHAS.

MAIS UM FINAL FELIZ

BRANQUINHA

BRANQUINHA E SEU IRMÃO CHEGARAM AO CANIL A ALGUNS MESES ATRÁS, DEBILITADOS, JUDIADOS E LOTADOS DE CARRAPATOS.   O IRMÃO NÃO RESISTIU, MAS ELA ESTÁ LUTANDO.
FOI FEITO EXAME DE SANGUE E CONSTATOU-SE QUE ELA ESTÁ COM A DOENÇA DO CARRAPATO, PRECISA DE TRANSFUSÃO DE SANGUE.  BRANQUINHA AINDA ESTÁ NO CANIL, FELIZMENTE,UMA PESSOA QUER ADOTÁ-LA, MAS PRECISA DE AJUDA PARA PAGAR O TRATAMENTO, QUE FICA 130 REAIS.  JÁ CONSEGUIMOS 50 REAIS.
ESTAMOS PEDINDO UMA CHANCE A UMA LUTADORA.

AJUDE NESTA CAUSA DOANDO QUALQUER QUANTIA.

TELEFONE PARA CONTATO -    8119-1266     OU PELO  I-MAIL        fladaroz@ig.com.br

Receita caseira para combater pulgas e carrapatos



Na receita para gatos não usar PEDRA DE CÄNFORA,  que gato não se dá bem com cânfora, é perigoso.

"Frontline caseiro

01 Litro de alcóol
03 pedras de cânfora  (para gatos não usar cânfora)
01 pacotinho de cravo da índia
01 copo de vinagre branco
NÃO LEVA ÁGUA.
Misture tudo e deixe em infusão até dissolver a cânfora.
Misture todos os ingredientes, coloque num borrifador.
Use nos pelos peludos(cães e gatos), na casa depois de varrer, nas
casinhas deles... até em vc pois o efeito repelente serve contra
mosquitos em humanos tbm.
Antes do banho borrife a solução e envolva com uma toalha.
As pulgas saem mortas e os carrapatos quase morrendo!

Depois é só dar o banho, secar e colocar mais a solução pra garantir."
Álcool e vinagre branco  são bons no combate a pulgas.
Tudo na medida certa e com os devidos cuidados.
Álcool funciona muito bem no ambiente (pisos frios, colchões, móveis forrados com tecidos, tapetes etc.)
Misturar um pouquinho de vinagre branco com bastante água e escovar os bichos também é ótimo.

CASTRAÇÃO

O que é a Castração?

A castração é uma cirurgia feita em cães e gatos, fêmeas e machos, para impedir que se reproduzam sem controle. Para cada filhote que nasce, 15 cães e 45 gatos também podem nascer. Em seis anos, uma cadela e seus descendentes podem gerar 64 mil filhotes!! No caso das gatas esse número é ainda maior. Isso explica o grave problema da superpopulação desses animais, com a morte de milhares deles. Isso pode ser evitado por meio da informação.

 Um animal pode ser castrado depois de 5 meses de idade.

Como funciona
Castração de fêmeas de cães e gatos
·         Nome da cirurgia: Ovário-histerectomia
·         O que é feito na cirurgia: retira-se o útero, ovários e tubas uterinas, com o animal sob anestesia geral
·         Pós-operatório: duração média de 7 a 10 dias. Limpeza diária do local onde ficará o animal,  uso de analgésicos se necessário e antibiótico até retirada dos pontos. É indicado uso de colar elizabetano ou roupinha cirúrgica para evitar que o animal lamba o local da cirurgia e acabe arrancando os pontos
Vantagens:
·         A castração precoce das fêmeas, ou seja, antes do primeiro cio, reduz em até 95% as chances do animal apresentar tumor de mama na fase adulta, visto ser um tipo de tumor hormônio- dependente (hormônio produzido pelos ovários);
·         Previne o aparecimento de piometra (doença causada pelo acúmulo de pús dentro do útero, que se não tratada a tempo, pode levar a fêmea à morte), metrite, tumor de ovário e útero, TVT (tumor venéreo transmissível)  e pseudociese (gravidez psicológica);
·         A fêmea não entrará mais no cio, e com isso não irá atrair os machos;
·         Evita a ocorrência de gravidez indesejada, e conseqüente abandono de ninhada.

Castração de macho de cães e gatos
·         Nome da cirurgia: Orquiectomia
·         O que é feito na cirurgia: retira-se os testículos preservando a bolsa escrotal, com o animal sob anestesia geral
·         Pós-Operatório: duração média de 7 a 10 dias. Limpeza diária do local com produto específico,  uso de analgésicos se necessário e antibiótico, até retirada dos pontos (no caso de cães). Dependendo do animal, pode ser indicado o uso de colar elizabetano para evitar lambedura no local da cirurgia.
aa  Em gatos machos, a diminuição da produção de testosterona ocasiona diminuição no diâmetro da uretra, podendo levar ao acúmulo de cristais.

Vantagens:
·         Se realizada durante a juventude (cães e gatos), evita/diminui hábitos  inconvenientes como demarcação de território com urina,
·         O animal tende a ficar mais calmo;
·         Evita brigas por dominância  e disputa por território, em locais onde convivem vários animais juntos;
·         Evita fugas de casa atrás de fêmeas no cio e conseqüente brigas, atropelamentos, envenenamentos, bem como contágio com algumas doenças infeciosas transmitidas pela saliva/mordida, como Fiv e Felv nos gatos e Raiva nos cães e gatos.;
·         Previne doenças como tumor de próstata e conseqüente hérnia perineais e perianais (principalmente nos cães), tumor de testículo, TVT (tumor venéreo transmissível -  uma vez que o animal sem o estímulo hormonal  perde a libido, e não irá mais acasalar. Esta diminuição da libido pode variar de acordo com a idade que o animal for castrado);


A cirurgia, feita com anestesia geral, é simples mas deve ser executada apenas por veterinários devidamente habilitados. Em torno de uma semana o animal estará totalmente recuperado.

Entre os métodos contraceptivos para as fêmeas, considera-se que a castração seja o mais efetivo e seguro. A utilização de anticoncepcionais não é  recomendada pelos médicos veterinários, e pode resultar em problemas sérios, como o desenvolvimento de tumores de mama e infecção uterina, também denominada piometra. Ambas constituem doenças que podem culminar com a morte do animal, caso não se intervenha a tempo.
Vantagens da Castração:

1) Diminui drasticamente o risco de doenças nas vias uterinas, do câncer de mama, útero, próstata e testículos; 
2) Elimina a Gravidez Psicológica, comum em algumas fêmeas após o término do cio, o que ocasiona aumento das mamas (muitas vezes com edema), a produção de leite e irritabilidade excessiva; 
3) Elimina o risco do câncer dos órgão genitais; 
4) Diminui o risco das fugas e brigas, que podem acarretar acidentes graves e até fatais; 
5) Acaba com os latidos, uivos e miados excessivos que ocorrem por ocasião do cio; 
6) Elimina os estados de excitação por falta de cruzamento (e o embaraço com as visitas!); 
7) Elimina a inconveniente perda de sangue das cadelas no período de cio, assim como as desagradáveis reuniões de machos na porta de sua residência; 
8) Diminuiu o hábito dos gatos de urinar em paredes e móveis para marcar território. A urina também perde o odor forte e desagradável.

Os animais castrados não perdem o instinto de proteger seu território. Por outro lado, perde o indesejável costume de urinar em diversos cantos. Cabe ainda lembrar que animais castrados ficarão mais caseiros, deixando de se envolver em brigas na disputa de fêmeas.

Ter uma cria não acrescenta saúde ao animal e sim mais animais ao problema. Pesquisas mostram que, quanto mais cedo for realizada a castração, menores as chances da fêmea desenvolver câncer de mama. as.

Importância da castração na Posse Responsável

Sabendo dos benefícios médicos da castração para o animal, é importante também que as pessoas se conscientizem que reproduzir um animal não é uma decisão a ser tomada por impulso, só pelo prazer de ter filhotes em casa, ou então tomados pelo antigo pensamento de que é necessário a fêmea ter pelo menos uma cria durante a vida (o que não é correto, pois como foi dito, a castração precoce previne vários problemas de saúde). Ou ainda,  que os animais “sentem falta” de se reproduzir, o que também é uma inverdade pois os cães e gatos não copulam por prazer, apenas para perpetuar a espécie. Portanto eles não sentem falta de “namorar”, pois  só o fazem em resposta a  estímulos hormonais (a atração do macho pela fêmea no cio).
Além disso, é preciso ter em mente que o animal, é um ser vivo, e como tal, tem sentimentos e assim como nós sentem fome, frio, medo, dor, saudades, sabem retribuir carinho e por isso colocar uma vida no mundo é uma decisão muito séria. Uma cachorra/gata grávida gera gastos com exames gestacionais, podem precisar de cesareana, além de poderem gerar ninhadas numerosas. Após isso, os filhotes precisarão de cuidados com alimentação, medicamento e acompanhamento veterinário até completarem idade de desmame, que varia de 45 a 60 dias de vida.
Não bastasse isso, antes de reproduzir um cão ou gato, é preciso ter conhecimento sobre a raça, temperamento dos pais, fazer exames para identificar ou descartar a presença de doenças reprodutivas e/ou hereditárias (como por exemplo brucelose, displasia coxo-femoral, sarna demodécica, atopia entre outras). Deve-se estar ciente que o cão ou gato, vive em média 15 anos, geram gastos mensais com alimentação e cuidados de saúde (veterinário, vacinas, remédios), precisam de carinho, amor, atenção, precisam ser educados e alimentados, ou seja, necessitam de dedicação e tempo disponível para que se tornem ótimo companheiros.
Portanto, a decisão  de castrar o  cão ou gato, prevenindo com isso o aparecimento de várias doenças no animal, além de praticar a posse responsável, deve ser assunto de interesse de todos os proprietários de cães e gatos.


HÁ CASTRAÇÃO GRATUITA NO CANIL MUNICIPAL.  


Os animais da população são castrados nas clínicas:
Animalis
Maxivet
Bicho Mimado
Estação Animal

Para castrar seu animal gratuitamente é necessário levar ao Canil:
xerox do R.G.
xerox do CPF
comprovante de residência



CENTRO DE CONTROLE DE ZOONOSE - CANIL MUNICIPAL

Endereço - Extensão da Av. Orpheu Manenti - Via Conchal

Horário de funcionamento - 7h às 11h e das 12h às 16h

Horário de atendimento à população - das 8h às 10:30h e das 13h às 15:30h

EU E MEU PET

PARTICIPE DO "EU E MEU PET" MANDANDO UMA FOTO SUA COM SEU PET,   É BOM MOSTRAR TAMBÉM OS ANIMAIS QUE TIVERAM SORTE  TENDO PROTETORES  COMO VOCÊ.

EU E MEU PET - RENATA E LINDINHA

RENATA E SUA GRANDE AMIGA LINDINHA.

GIPA - VACINAÇÃO DE CÃES



Período de vacinação de Cães:

*50 dias de idade => Vacina V8 - 1ª dose

*70 dias de idade =>
 Vacina V8 - 2ª dose + 1ª dose Tosse dos Canis

*90 dias de idade =>
 Vacina V8 - 3ª dose + 2ª Dose Tosse dos Canis

*110 dias de idade =>
 Vacina V8 - 4ª dose

*120 dias de idade =>
 Anti Rábica

*6 meses após a Dose 4ª de V8: reforço isolado semestral da Leptospirose

*1 ano após a Dose 4ª da V8, Tosse dos Canis e Raiva: Reforço anual dessas 3 vacinas.



Tosse dos Canis 
Traqueobronquite Infecciosa Canina
Traqueobronquite infecciosa e uma enfermidade de cães que ataca o sistema respiratório dos animais produzindo
crises de tosse deixando os proprietários com a impressão de que estão com algo trancado na garganta.
Pode atingir animais de diferentes faixas de idade, tendo como característica episódios de tosse associados a dificuldade respiratória Os agentes causadores desta doença são:vírus
Os animais mais susceptíveis são os filhotes recém desmamados, dentre os adultos os debilitados
A doença e altamente transmissível (pequenas gotas eliminadas pêlos espirros) e os animais apresentam os primeiros sintomas entre 3 a 10 dias após a infecção podendo persistir com os sintomas 3 a 4 semanas.
pode atingir 15 espécies animais diferentes dentre elas o próprio homem. Pôr este motivo o controle desta doença é importante para a saúde dos animais proprietários e veterinários.
Recomenda-se a imunização dos filhotes através do uso de vacinas  a partir de 8 semanas de idade com revacinação anual.



CINOMOSE
 Doença viral altamente contagiosa entre cães. De difícil tratamento a cinomose leva a  morte um numero altíssimo de cães sintomáticos. Em geral começa como um resfriado, as vezes o cão acometido apresenta um quadro de diarréia e em seguida acomete o sistema nervoso central, causando falta de coordenação principalmente nos membros posteriores e convulsões. Dos cães que conseguem se curar muitos deles acabam ficando com sequelas para o resto da vida.

HEPATITE INFECCIOSA CANINA 

É caracterizada por lesões hepáticas que podem causar aumento do fígado, dor, ascite (barriga d água) e icterícia (mucosas amareladas).

ADENOVIRUS TIPO 2 e PARAINFLUENZA 

Esses dois agentes virais causam doenças respiratórias que, por si só não seriam muito graves mas, o que geralmente ocorre é uma contaminação secundaria por bactérias podendo tornar o caso bem mais grave evoluindo para uma pneumonia ou broncopneumonia. 

PARVOVIROSE 

Virose que acomete principalmente filhotes, em geral causando vomito e diarréia de sangue por alguns dias. Leva a uma profunda desidratação e a morte quando não tratada. Muitos cães, mesmo socorridos a tempo, podem não resistir a doença.

CORONAVIROSE 

Também causa um quadro de vomito e diarréia, as vezes com sangue, porem em geral mais brando que a parvovirose, podendo se tornar complicado se houver contaminação por bactérias.

LEPTOSPIROSE 

 A leptospirose é transmitida através da urina do rato podendo causar uma serie de sintomas desde apatia, vomito, icterícia a lesões renais severas e morte.O tratamento deve ser instituído o mais rápido possível e, mesmo tratados a tempo, alguns cães não resistem a doença.

Antes de ser vacinado o cão precisa ser avaliado pôr um veterinário para ter certeza que seu organismo esta apto a receber a vacina, alem de veterinários darem carteira de vacinação assinada e uma segurança maior de que a vacina usada é de boa procedência e foi bem acondicionada. 

O QUE OS ANIMAIS NÃO PODEM COMER

COM A PROXIMIDADE DA PÁSCOA, É SEMPRE BOM ALERTAR QUE CHOCOLATE É TÓXICO PARA ANIMAIS! VEJA ESTE E OUTROS ALIMENTOS QUE FAZEM MAL AO SEU PET:



Todo o cuidado é pouco na hora de variar o cardápio do seu animal de estimação. Existem algumas comidas que podem causar um tremendo mal-estar para o bichinho e que devem ser evitadas. Saiba quais são:

1. Chocolate: a grande vilã aqui é a teobromina. Presente principalmente nos chocolates amargos, essa substância age como estimulante e chega a causar extrema excitação nos animais. "Como o organismo de cães e gatos demora muito tempo para se livrar dela, eles podem apresentar taquicardia, hiperatividade, tremores e convulsões"
2. Abacate: a persina, substância encontrada na polpa, na casca e no caroço do abacate, é a culpada por intoxicar os animais que abusam do alimento. Vômito, diarreia, lesões gastrointestinais e até necrose nas fibras do miocárdio, o músculo do coração, são algumas das consequências do exagero.
3. Cebola e alho: eles contêm alicina, que, em felinos e cachorros, pode perpetrar um tipo de anemia conhecido como hemolítica. Trata-se da destruição dos glóbulos vermelhos, os encarregados pelo transporte de oxigênio no sangue. "A intoxicação aparece gradativamente e, para isso, é necessário que o animal consuma uma grande quantidade de cebola ou de alho crus"
4. Ossos: muita gente imagina que os ossos são o petisco canino ideal. Um alerta da FDA, agência que regulamenta o consumo de remédios e alimentos nos Estados Unidos, contraria esse senso comum. Segundo a entidade, não se deve oferecê-los em nenhuma hipótese aos cachorros. "Ao serem mastigados, os ossos, principalmente os cozidos, podem lascar e formar pontas, causando lacerações na boca e no esôfago, quebra de dentes, além de aumentar o risco de infecções bacterianas e obstruções intestinais".
5. Peixe cru: alimentar cães e gatos com pescados crus nunca é uma boa ideia. Algumas espécies de peixe, sobretudo a tilápia, armazenam doses generosas de avidina e tiaminase. Esse dueto impede a absorção de algumas vitaminas do complexo B, como a biotina e a tiamina. "A deficiência delas está ligada a problemas neurológicos".
6. Leite: trocar o leite da cadela pelo da vaca é péssimo para a saúde dos filhotes. É que o leite canino possui mais proteínas, gorduras, cálcio e fósforo do que o bovino.
  
O bichinho comeu. O que fazer?  


Algumas horas após o cachorro ou o gato ingerirem algum alimento inadequado, logo bate aquele mal-estar. Ao observar sinais de irritação, transtornos gástricos, alterações do ritmo cardíaco e respiratório, o bicho de estimação deve ser levado rapidamente ao veterinário. "É muito comum que, ao constatarem a ocorrência de intoxicação, os donos ofereçam leite, o que só piora a situação". O melhor mesmo seria estimular o animal a beber bastante água e não provocar o vômito

QUER ADOTAR?

ESSA GRACINHA ESTÁ NO AGROLUNA ESPERANDO SUA CHANCE.
FAÇA UMA BOA AÇÃO, ADOTE UM ANIMAL ABANDONADO.

PARCERIAS

O BLOG PROCURA PARCEIROS,  ASSIM PODEREMOS SOCORRER MELHOR OS ANIMAIS QUE PRECISAM DE AJUDA.
ENTRAR EM CONTATO PELO E-MAIL -     

fladaroz@ig.com.br

Em 2 meses:
Histórico de todas  as  visualizações de página - 10.800   








SCOOBY

SCOOBY E SUA NOVA FAMÍLIA.    DEMAIS!!!!

GIPA

ALUNOS DO GIPA RESGATANDO GATINHO ABANDONADO...

...O XICO, QUE ESTÁ SENDO TRATADO E LOGO PODERÁ IR PARA DOAÇÃO.

BOA NOTÍCIA

ELA JÁ ARRANJOU UM LAR,  ESTÁ COM SUA NOVA FAMÍLIA.

SERÁ QUE ELA QUER SAIR???

É O TEMPO TODO ASSIM!
QUEM QUER DAR UMA VISÃO MELHOR A ELA?

video


EU E MEU PET

PARTICIPE, MANDE SUA FOTO COM SEU MELHOR AMIGO!

COITADINHO!!!

ESSE CACHORRINHO, (PORTE PEQUENO) JUDIADO, ABANDONADO, VAGA PELAS RUAS DA ZONA LESTE E VAI A ESCOLA JOANITA, QUASE QUE DIARIAMENTE, EM BUSCA DE ALIMENTO.
QUEM QUISER  ADOTÁ-LO, ENTRAR EM CONTATO PELO MEU E-MAIL.
NÃO COMPRE ANIMAIS, ADOTE-OS!

PENSE BEM ANTES DE ADOTAR

ESSA CRIATURINHA TÃO DÓCIL FOI ADOTADA, MAS LEVADA DE VOLTA AO CANIL, POIS A PESSOA QUE A LEVOU SE ARREPENDEU.
ANTES DE ADOTAR, SAIBA QUE ANIMAL EXIGE CERTOS CUIDADOS, NÃO SÃO MEROS OBJETOS.

Amor sem preço: CAMPANHA DE TAPETES E COBERTORES

Amor sem preço: CAMPANHA DE TAPETES E COBERTORES: "Estamos precisando com urgência de tapetes, como podem observar. Necessitamos também de cobertores, o frio está chegando e ainda não temos ..."

CAMPANHA DE TAPETES E COBERTORES

Estamos precisando com urgência de tapetes, como podem observar.

Necessitamos também de cobertores, o frio está chegando e ainda não temos nada para aquecê-los.

Os locais de arrecadação são: Pet Shop é o Bicho ( Alv. Melvin Jones ), Pet Shop Agro Center ( Jd. Cândida ), Clínica Veterinária Animallis  e Canil.
Responsável pela arrecadação - Nayara


APOIO: SAPA - SOCIEDADE AMBIENTALISTA PROTETORA DOS ANIMAIS

FEIRINHA

AS  FEIRINHAS  ESTÃO  SUSPENSAS  POR  FALTA  DE  UMA PESSOA  QUE  FIQUE  RESPONSÁVEL POR ELAS.


  INFELIZMENTE TÊM MUITOS FILHOTES NO CANIL E NÃO RESISTIRÃO POR MUITO TEMPO.
  SEM AS FEIRINHAS, AS CHANCES DE SOBREVIVÊNCIA DELES DIMINUEM BASTANTE.
  AMANHÃ POSTAREI AS FOTOS DOS FILHOTES PARA ADOÇÃO.

SCOOBY

Olá pessoal....
Estou encaminhando anexo a foto de um cachorro (Scooby), mestiço pastor, que recolhemos na rua há uns 15 dias em estado crítico de saúde. Ele está em tratamento, mas pronto para ser adotado.
Precisamos encontrar uma grande alma que o adote, pois o custo das diárias na clínica estão ficando muito altas.










 Ajudem por favor!!
Ele ainda está magro, mas vai ficar um lindo cão quando engordar!
Se houver interesse na adoação, entrar em contato no meu e-mail: vanessa_popp@hotmail.com
O Scoob agradece!!!
Abraços!


FEIRINHA

Amanhã vai ter feirinha das 10 às 16 horas.
Estou postando tarde assim, porque só agora conseguimos pessoas suficientes para a feirinha acontecer.
Terão muitos filhotes e alguns adultos.
Compareçam.

Entre os filhotes, estará essa riquezinha....

FEIRINHA

ESTAMOS PRECISANDO URGENTEMENTE DE UMA PESSOA PARA FICAR RESPONSÁVEL PELA FEIRINHA 3ª FEIRA.
FAVOR ENTRAR EM CONTATO PELO MEU E-MAIL.

O GATINHO DO TELHADO

Olá pessoal do blog!!!! 

Déborah com mais uma estória sobre gatos...

Há dois dias atrás ouvíamos aqui em casa um choro de gato ,era uma loucura, gato chorando, e meu cachorro, coitado, se matando de tanto latir. Peguei uma escada, subi no muro e nada de encontrá-lo, mas  ainda assim, ouvia o choro.
Mas ontem qdo eu estava vindo embora para casa meu marido me ligou e disse: "Sabe quem está aqui em casa? O gatinho !!!!!!"
Ele estava preso entre a telha e o madeiramento no telhado do vizinho, um lugar praticamente impossível, e estava com a cabecinha presa, tadinho, então meu vizinho e meu marido conseguiram tirá-lo de lá, mas ele estava fraquinho e machucado, meu marido limpou com soro fisiológico e minha filha deu leitinho com conta- gotas, mas na verdade ele só queria carinho, pois estava muito assustado.
Como tenho um cachorro que definitivamente não se entende com gatos, chamei minha nobre vizinha Nathália e ela se prontificou a cuidar dele até crescer um pouquinho e arrumarmos um dono... Portanto espero contar com a ajuda de vcs.
Desde já agradecemos.

"A compaixão para com os animais é das mais nobres virtudes da natureza humana." (Charles Darwin)

EU E MEU PET - VIRGÍNIA, YOKO, MICHELE, ROBINHO, ROMEU, NATHALIA E LÉO

 Virgínia  Montone e Yoko,  poodle que fará 1 aninho, dia 28/04.  Parabéns!!!  Que meigo!

Michele, Robinho e Romeu,  um passeio para relaxar.

Nathalia Velloso  e Léo

GIPA - PULGAS

Controle de pulgas
É muito raro encontrar um animal que ainda não tenha tido pulgas. E como é difícil acabar com elas... As pulgas se reproduzem com uma velocidade e facilidade incríveis e, se a infestação não for combatida logo no início, o problema toma proporções assustadoras. Isso sem contar com as doenças causadas pelas pulgas. Para combatermos essa praga doméstica, temos que entender bem como elas vivem e se reproduzem.
Sem esse conhecimento, há pessoas que chegam a intoxicar seu cão ou gato com produtos inseticidas, mas as pulgas continuam vivas.

E como um cão que pega uma pulga na rua pode chegar a ter "1 milhão" delas em pouco tempo?
Os cães se infestam de pulgas nas ruas. Mas esta, normalmente, é uma infestação pequena. Essas pulgas são levadas para casa e lá elas vão encontrar muitos locais para fazer a desova (postura dos ovos). É importante saber que as pulgas põem seus ovos no ambiente e é este o responsável pelas grandes infestações de pulgas nos animais. A pulga apenas se alimenta no cão ou gato sugando seu sangue. No ambiente, ela coloca ovos que podem permanecer viáveis por até um ano! Na presença de calor e umidade (nas estações mais quentes, principalmente) esses ovos eclodem, viram larvas que se alimentam de poeira e detritos; as larvas transformam-se em adultos que atacam os animais em busca de alimento. Assim, o pobre animal é apenas o culpado "indireto" por uma grande infestação de pulgas. Seu erro foi trazer a pulga para casa. O ambiente é o responsável por "produzir" milhares de pulgas que tiram o sossego dos animais de estimação e de seus donos.
Sabendo disso, devemos entender que tratar apenas o animal (cão ou gato) numa grande infestação é um erro. Você vai matar algumas pulgas. A maior quantidade delas está nas frestas do piso, pilhas de papéis, tapetes e carpetes, na forma de ovos, larvas ou pulgas adultas.
Mas como a casa ficou infestada de pulgas e eu não senti nenhuma picada?
A pulga é espécie-específica, ou seja, existem pulgas que atacam humanos e outras que picam animais. A pulga de cães e gatos não vai atacar as pessoas enquanto ela tiver disponível uma fonte de alimento. Assim, quem sofre é o animal. E o processo é tão rápido que quando você observa mais atentamente seu amigão por ele estar se coçando muito, dezenas de pulgas já podem ser vistas, principalmente na região do abdômen (barriga) e em volta do ânus e cauda. Grandes infestações de pulga no ambiente fazem com que elas, na ausência de alimento suficiente, passem a picar também as pessoas da casa.
Resumindo, como as pulgas só atacam os animais, o problema passa desapercebido e, quando é descoberto, já tomou grandes proporções com a infestação do ambiente.
E como eu vou acabar com essa "praga"?

Já vimos que o problema não é apenas o cão. Para avaliarmos a extensão da infestação, faça um teste simples. Dê um banho antipulgas no seu animal e procure certificar-se que foram mortas todas as pulgas. Após secá-lo bem, solte-o na casa, mas não o leve para a rua. Uma hora mais tarde, verifique se o seu cão está com pulgas. Considere:
- nenhuma, uma ou duas pulgas foram encontradas: seu cão tinha uma pequena infestação e, provavelmente, pegou num passeio. Neste caso, o ambiente ainda não está infestado.
- várias pulgas foram encontradas: sua casa possui um ou mais focos de pulga. O ambiente tem que ser tratado, assim como o cão.

Sabendo agora o nível de infestação do cão e da casa, tomamos as medidas necessárias:
Na casa: dedetização, 2 aplicações com intervalos de 3 a 4 semanas, ou uso semanal, no ambiente, de produtos anti-pulgas da linha veterinária (consulte o seu veterinário), até acabar com a infestação. No caso de optar por uma empresa que faça a dedetização, procure retirar o animal do local por 48 horas, no mínimo. 
No cão: banhos anti-pulga semanais e aplicação de produtos anti-pulga tópicos de longa duração, a critério do seu veterinário.


http://www.webanimal.com.br/image/pixlaranja.gif
Importante:

  •  nunca aplique em seu animal produtos que são utilizados na casa contra insetos e baratas;
  •  filhotes, fêmeas gestantes e gatos, não devem ser banhados com produtos inseticidas;
  •  CONSULTE O VETERINÁRIO antes de usar qualquer produto anti-pulgas; 
  •  banhos anti-pulgas devem ser dados com o cuidado do animal não lamber o produto durante o banho. O mesmo para o uso de talcos. A ingestão do produto pode causar intoxicação; 
  •  animais com ferimentos abertos (feridas ou queimaduras) não devem ser tratados com produtos anti-pulgas tópicos (para passar, banhar ou aspergir).
É possível prevenir a infestação por pulgas?
O controle da infestação por pulgas se faz através de medidas simples:
  •  banhos antipulgas freqüentes (quando for possível);
  •  uso de produtos anti-pulgas de longa duração em gotas para aplicar topicamente, spray ou por via oral (comprimidos);
  •  deve-se evitar o uso do carpete em casas que têm animais. Pisos "frios" e bem rejuntados, sem frestas, evitam a proliferação das pulgas;
  •  usar produtos antipulgas nas casinhas dos cães periodicamente. Tapetes ou cobertores de uso dos animais devem ser lavados com freqüência;
  •  tosar os animais nas épocas mais quentes, para se controlar melhor as pulgas e facilitar os banhos; 
  •  alguns locais como praças, canteiros e jardins, podem ter focos de pulgas, por serem freqüentados por muitos animais. Se você perceber que o cão volta se coçando dos passeios, evite esses locais.
Sempre que seu animal tiver uma infestação de pulgas, você deve consultar o seu veterinário para que ele prescreva um vermífugo. As pulgas podem transmitir vermes e causar anemia, além de perturbar e até mudar, temporariamente, o comportamento do seu animal, que vai ficar mais irritado, impaciente e exausto de tanto se coçar. Alguns cães chegam até a se mutilar, causando ferimentos graves pela coceira, além de poder causar doenças.
Não espere seu cão ter pulgas, comece a combatê-las desde já!

Essa semana tivemos a participação das alunas que apresentaram o GIPA no ano passado. Estão estudando em outra escola, mas querem continuar  a participar  do GIPA.  Que gracinhas!